Mensagens subliminares satânicas em músicas brasileiras

Galera, há muito tempo, eu era fissurado em ler artigos relacionados à magia, bruxaria, terror, enfim, daí eu lembro que tinha um site evangélico que mostraram algumas mensagens subliminares em músicas, acho que pela falta do que postar, eu tive a brilhante ideia de postar algumas dessas músicas e suas explicações, algumas são um tanto quanto engraçadas, já outras, até que fazem sentido.
Enfim, vamos lá (lembrando que abaixo, são opiniões do pessoal do Tabernaculonet, apenas copiei) :



"
Ivete Sangalo - Sorte grande

A minha sorte grande
Foi você cair do céu (Sabemos que quem caiu do céu foi Satanás - Isaías 14.12)
Minha paixão verdadeira

Viver a emoção
Ganhar teu coração
Pra ser feliz a vida inteira (Ela ousa dizer que o Diabo lhe dará felicidade)
É lindo o teu sorriso

O brilho dos teus olhos
Meu anjo querubim (Mais uma vez, referencia Satanás, o querubim ungido)
Doce dos meus beijos
Calor dos meus braços
Perfume de jasmim (Talvez uma apologia aos incensos das seitas orientais)

Chegou no meu espaço
Mandando no pedaço (O mundo jaz no maligo)
O amor que não é brincadeira (Somente Jesus é amor)
Pegou me deu um laço (Viu, ela assume que caiu no laço [do passarinheiro?])
Dançou bem no compasso (Passes dos terreiros de umbanda)De prazer levantou poeira
Poeira! Poeira! Poeira!
Levantou poeira!

Banda Eva - Frisson

Observe na sutileza, a música começa bonita, parece que é uma declaração de amor para um homem, mas no meio da música, continue lendo, saberemos quem recebe esta declaração.

O meu coração pulou, você chegou, me deixou assim
com os pés fora do chão,é sempre bom, parece, enfim, acordei.
Pra renovar meu ser faltava mesmo chegar você
assim sem me avisar, acelerar um coração que já bate pouco
de tanto procurar por outro.
Anda cansado, mas quando você está do lado fica louco de satisfação e solidão nunca mais.
Você caiu do céu, (Quem caiu do céu?)
um anjo lindo que apareceu (Quem era anjo lindo antes da queda?)
com olhos de cristal me enfeitiçou, (Quem enfeitiça?)
eu nunca vi nada igual.
De repente você surgiu na minha frente. (Manifestação do diabo na vida dela)
Luz cintilante, (Lucifer, anjo de luz)
estrela em forma de gente. ("Como caíste do céu, estrela da manhã" - Manifestação)
Invasora do planeta amor, (O planeta criado por Deus, o Deus de amor, foi tomado por Satanás [o mundo jaz no Maligno] - Invasora [feminino porque está fazendo referência ao termo "estrela", da frase anterior])
você me conquistou. (Misericórdia!)
Me olha, me toca, me faz sentir que é hora
agora da gente ir. (Aqui a invocação arriscada de quem canta, convida Satanás a levá-la para o inferno)

Raul Seixas - Gita

Vou comentar abaixo, dos lados dos versos, em negrito, os comentários satânicos nesta música, que por si só, é a expressão do diabo, falando com Raul Seixas. Uma música repleta de blasfêmias! Veja:

Composição: Uns websites informam Desconhecido e outros o próprio Raul Seixas

"Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo
Procurando ... Foi justamente num sonho Que ele me falou ..."
 (Observe claramente que Raul disse que procurou tal revelação de diversas formas, até que o deminio se apresentou a ele em sonhos, com as declarações abaixo)

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado (Nem a pessoa oprimida vê ou ouve o demônio que a oprime)
Não falo de amor quase nada (O diabo nao pode amar)
Nem fico sorrindo ao teu lado (O diabo não pode sorrir)
Você pensa em mim toda hora (Satanás acusa Raul Seixas de seus pensamentos pecaminosos)
Me come me cospe e me deixa (... e ainda diz que Raul Seixas vive na dependência dele)
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar (Aqui começam as declarações)

Antes de partir para a continuação da música, quero dizer que Deus é o grande "Eu Sou", Javé, e não divide sua glória com ninguém. Satanás, o mentiroro, diz diversas vezes abaixo, que é "eu sou", em variadas formas:
Eu sou a luz das estrelas (como caíste do céu, estrela da manhã - Lúcifer)
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida (pois o mundo jaz no Maligno)
Eu sou o medo de amar (pois o Deus é amor)
Eu sou o medo do fraco (pois quando estamos fracos, aí sim estamos fortes)
A força da imaginação (o mestre na ilusão)
O blefe do jogador (o pai da mentira)
Eu sou, eu fui, eu vou (mentira: JESUS era, é e sempre será)

Eu sou o seu sacrifício (sacrifício de tolo, o pecado)
A placa de contramão (ser cristão é remar contra a maré)
O sangue no olhar do vampiro (satanás ridiculariza o sangue)
E as juras de maldição (maldito, amaldiçoador)
Eu sou a vela que acende (idolatria)
Eu sou a luz que se apaga (trevas)
Eu sou a beira do abismo (caminho para o inferno)
Eu sou o tudo e o nada (o diabo não é NADA)

Por que você me pergunta? Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra, do fogo, da água e do ar (os 4 elementos básicos do Espiritismo)
Você me tem todo dia (o diabo anda ao nosso derredor)
Mas não sabe se é bom ou ruim (o incrédulo não sabe discernir)
Mas saiba que eu estou em você (aqui ele diz para Raul Seixas que estava possuindo seu corpo)
Mas você não está em mim
Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador (Somos pescadores de almas, e não de espíritos imundos)
A letra "A" tem meu nome (diAbo)
Dos sonhos eu sou o amor (só nos sonhos satanás consegue amar. Muitos sonham em acreditar nas promessas do Maligno)

Eu sou a dona de casa
Nos pegue-pagues do mundo (as lutas do dia a dia)
Eu sou a mão do carrasco (crueldade, os carrascos crucificaram Jesus)
Sou raso, largo, profundo
Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego (O cego espiritualmente, encherga apenas o que o diabo o permite ver, pois está condicionado)
E a cegueira da visão (Aqui ele cega o entendimento do incrédulo, conforme a Bíblia diz)

Mas eu sou o amargo da língua (Mas Jesus é doce)
A mãe, o pai e o avô
O filho que ainda não veio (O Anticristo)
O ínicio, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio.
"


Veja também

loading...